nanao_header3.png

56 páginas

18 x 25 cm

Pulo do Gato

2020

A narrativa original foi criada pelo filho de Gustavo, Milo, então com 4 anos. E não era, de início, destinada a se tornar um livro. Aliás, para dizer a verdade , no começo nem história era, já que Milo não inventou Nanão como um personagem: certo dia, decidiu que não importava o que o pai lhe perguntasse, ele só responderia “não”. A teimosia foi transformada em brincadeira e, desde então, se tornou um faz de conta frequente entre os dois — inclusive com papeis invertidos. Os desenhos iniciais, tanto do personagem principal quanto de boa parte dos cenários e objetos, também foram feitos quase que integralmente por Milo. (Apesar de, em muitos deles, Nanão aparecer pegando fogo). Essa livre mistura de tarefas entre pai e filho se tornaria a base para todo o processo de desenvolvimento do livro, indo desde sugestões de mudança no enredo e no próprio nome do personagem até os vídeos de divulgação do lançamento, realizado em outubro de 2020 pela Editora Pulo do Gato.

A estrutura geométrica ultrassintética, desenhada manualmente com canetinha amarela, fez com que muitos leitores tentassem “encaixar” Nanão em alguma espécie já conhecida — para alguns era um cachorro, para outros um robô. Alheio a essas tentativas de enquadramento, o carismático personagem também virou brinquedo: bonecos de madeira e de pano, além de uma versão de papel que qualquer um pode imprimir e montar em casa. 

baixe

compre

nanão_slider_01.png

BONECOS NANÃO

Para o lançamento do livro, foram criados também bonecos do Nanão em três tipos de material: madeira, pano e papel. Os dois primeiros, em edições limitadas vinculadas ao lançamento. Já o Nanão de papel pode ser montado a partir de um molde recorte-e-cole simples, que se encontra disponível para download no link abaixo: basta clicar, imprimir numa folha tamanho A4 seguindo as instruções e montar o seu Nanão.

post_10_C.png

Share the amazing things customers are saying about your business. Double click, or click Edit Text to make it yours.

DESENHOS ORIGINAIS DE MILO

post_02_C.jpg
post_02_E.jpg
nanão_n01.png

Não (não) é não.

Surgido de uma brincadeira entre pai e filho, livro joga com a perspectiva de transformar respostas negativas em positivas. [...]

Publicado na revista Quatro cinco um, em 1 de dezembro de 2020.

Vida em outro lugar. 

Mais de um livro nesta semana. E todos para crianças pequenas. [...]

Publicado no jornal O Estado de S. Paulo, 
em 12 de dezembro de 2020.

Para ler com os filhos: som e sentido. 

Dois livros que nos convidam a um jogo divertido com a língua portuguesa e com as possibilidades gráficas da obra ilustrada [...]

Publicado no site Canguru News, 
em 29 de dezembro de 2020.