header_marlon.png

136 páginas

15 x 20 cm 

capa dura

WMF Martins Fontes 

2018

capa_marlon.png

Pela primeira vez em livro, a marcante trajetória de Marlon Brando.

Da infância em Alvinópolis ao sucesso profissional em São Paulo. Do chope com Rovílson às vernissages com Fefê e Loolof. De “Manhã de primavera” à Giant Design. Lágrimas em Paris e Piracicaba. Até o gol na final do Ferreirão, acredite, está aqui. Nada ficou de fora desta autobiografia em que Marlon não poupa ninguém — nem a si próprio — do ridículo e da mesquinhez, traçando um corrosivo painel de sua geração.

baixe

compre

miolo_marlon.png
miolo_marlon.png

Onze começos de livros legais.

Publicado na coluna de Fabio Massari, em 04 de novembro de 2011.

Não tenho nada programado.

Formado em arquitetura pela FAUUSP, acaba de lançar o seu mais recente livro Marlon Brando, vida e obra, que dá seqüência à sua série de livros com abordagens pouco convencionais, iniciada com Morte aos papagaios [...]

Entrevista para o Letras e Leituras, em 25 de janeiro de 2009

Ironia à paulista.

A capa do livro traz uma foto do James Dean e o título: Marlon Brando – Vida e obra por e, sublinhado, como se completado de última hora, o nome Gustavo Piqueira. Parece piada, [...]

Publicado no blog Clara Arreguy, em outubro de 2008.

Felizes para sempre.

Com Marlon Brando – vida e obra, o paulista Gustavo Piqueira detona clichês e critica a banalidade da sociedade contemporânea. [...]

Publicado no O Estado de Minas, em novembro de 2008.

Marlon Brando tupiniquim.

O Marlon Brando do livro não é aquele mito que enlouqueceu as mulheres. O personagem é um jovem do interior paulista que vai viver [...]

Publicado no jornal A Tarde, em 26 de novembro de 2008.

Muita ironia para tratar da mesquinhez.

Marlon Brando nasceu no interior paulista e, em busca de uma vida cheia de emoções, mudou-se para a capital. Em São Paulo, se formou designer, se deu bem na carreira, conheceu pessoas, lugares e um estilo de vida que ele mal sabia que existiam durante a infância em Alvinópolis.. [...]

Publicado na revista da TAM, em dezembro de 2008.